CaféIrrigação

Irrigação por Gotejamento impulsiona a produção de café com eficiência hídrica

Diante das adversidades climáticas enfrentadas nos últimos anos, a irrigação tem se mostrado uma ferramenta primordial para o sucesso da cafeicultura. Municípios como Monte Carmelo (MG) e Araguari (MG), que possuem o maior percentual de área irrigada com café Arábica no mundo, têm obtido resultados positivos e altos níveis de produtividade, mesmo em períodos de déficit hídrico prolongado.

Eusímio Fraga Júnior, professor Drº na Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e coordenador do grupo de pesquisa CinCi, ressalta os benefícios da irrigação por gotejamento na produção de café em um vídeo produzido pela Netafim, empresa líder e pioneira nessa tecnologia. No conteúdo, o professor enfatiza a importância dessa prática na cafeicultura.

No conteúdo, o professor explica que o manejo adequado da irrigação é essencial para aproveitar ao máximo os benefícios dessa tecnologia. Ele ressalta a importância de um planejamento do sistema de irrigação e um bom projeto, assim como o manejo operacional para garantir a eficiência e uniformidade na aplicação da água. “Com a evolução dos sistemas de irrigação, taxas de aplicação mais precisas e eficientes têm sido alcançadas, contribuindo para a otimização do uso da água e redução dos custos”, detalhou o professor.

Outro aspecto abordado durante a entrevista foi a aplicação de fertilizantes via sistema de irrigação. Esse método tem sido adotado por produtores da região, que realizam cerca de 50 a 70% da adubação através da irrigação. Essa prática, conhecida como fertirrigação, possibilita redução de custos e otimização do uso de fertilizantes, o que poderia ser cada vez mais explorado pelos cafeicultores. “Existem trabalhos mostrando que grande parte dos nutrientes podem ser aplicados via sistema de irrigação e, ainda pensando na cafeicultura irrigada, nós temos um percentual pequeno de produtores que faz adoção dessa técnica”, contou Fraga Jr.

É importante ressaltar que a irrigação e a fertirrigação não são exclusivas para grandes produtores. Pequenos e médios produtores também têm se beneficiado dessa tecnologia, podendo aproveitar o pacote tecnológico desenvolvido pelas empresas do setor.

Confira logo abaixo a entrevista completa com o professor Eusímio Fraga Júnior, disponível no canal do YouTube da Netafim.

Para aqueles que desejam se aprofundar ainda mais no assunto, sugerimos acompanhar logo abaixo o webinar “Irrigação Localizada: Seguro para Rentabilidade e Sustentabilidade na Produção de Cafés” na internet.

A transmissão ao vivo ocorreu no canal do YouTube da Inovagri, uma associação de especialistas no uso racional da água na agricultura que desenvolve atividades com objetivo de levar aos campos irrigados de todo o Brasil uma nova perspectiva para a pesquisa, para o desenvolvimento tecnológico e para a inovação na agricultura irrigada. O encontro trouxe informações valiosas sobre essa temática crucial para a cafeicultura moderna.

Acompanhe a seguir:

Related posts

“Sucessão Familiar”, com Renato Bernhoeft, encerrará o SIMCAFÉ

Mario

AEAGRO e Sindicato Rural de Franca intensificam ações para a realização da 2ª ALTA CAFÉ

Mario

Tecnologias disruptivas na cafeicultura é tema de seminário da Università del Caffè Brazil

Mario

Deixe um Comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais