fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Café EVENTOS - DESTAQUES NOTÍCIAS

Grão de Ouro, uma empresa Agrogalaxy, realiza Dia de Campo de manejo nutricional e biológico

Evento aconteceu na propriedade do cafeicultor Alexandre Engler, município de Jeriquara (SP), com a participação das empresas Biotrop e Kimberlit.

Na manhã do dia 12 de maio, na Fazenda Santa Tereza, propriedade do cafeicultor Alexandre Engler, município de Jeriquara (SP), foi realizado o Dia de Campo de Manejo Nutricional e Biológico do Cafeeiro, organizado pela Grão de Ouro uma empresa Agrogalaxy, com participação da Biotrop e Kimberlit.

“O foco deste dia de campo foi apresentar os resultados de manejo nutricional e biológico do cafeeiro, demonstrando produtos diferenciados que agregam altas produtividades no campo, além do nosso veículo de tecnologia de aplicação do Acerta A. Gostaríamos de agradecer a cada produtor presente no evento e que contem com a Agrogalaxy”, afirmou Ederson Lopes de Faria, gerente da filial a Grão de Ouro uma empresa Agrogalaxy.

Ederson Lopes de Faria, gerente da filial Grão de Ouro, uma empresa Agrogalaxy, dando boas vindas aos participantes do evento.

Na primeira estação, com a apresentação dos Engº Agrº Gustavo Silveira (ATV) e Pedro Augusto (ATV), os participantes puderam conferir as tecnologias e soluções biológicas da Biotrop, empresa criada em 2018 e sediada em Vinhedo (SP), que atualmente está entre as seis maiores empresas de soluções biológicas do Brasil, com crescimento anual superior a 60% ao ano e atuando também na Argentina, Chile, Paraguai, Bolívia, Estados Unidos e Portugal.

“A proposta da Biotrop neste dia de campo foi a de apresentar as nossas soluções biológicas para um manejo mais rentável, sustentável e uma cafeicultura mais regenerativa. Sabemos da importância do manejo biológico, quando olhamos o solo. A perda dos organismos benéficos no solo pode ser um fator limitante para que o cafeicultor consiga rentabilidade e altas produtividades”, explicou Gustavo.

Os ATVs Pedro Augusto (esq.) e Gustavo Silveira (dir.) na estação Biotrop.

Segundo ele, é observando o solo de sua propriedade que o produtor rural consegue compreender a situação em que se encontra a sua lavoura, bem como serve de parâmetro para a tomada de decisão do que se deve fazer.
“O produtor rural precisa atentar-se para os três pilares importantes do solo. O primeiro, é a estrutura física. É imprescindível que o solo esteja descompactado. Em um solo compactado observamos a ausência de macro e microporos, o que diminui a retenção de umidade no solo e prejudica o desenvolvimento radicular da planta. O segundo pilar é a questão química do solo. A planta precisa de nutrientes e é nele que ela obtém o que precisa. É aqui que entra a necessidade de uma boa adubação, da correção com calagem e até mesmo gessagem. O terceiro pilar é o manejo biológico, muitas vezes esquecido na agricultura. Trata-se das atividades que buscam manter aqueles organismos benéficos no solo. São eles que promovem a simbiose, que é a relação de troca com a planta, onde a planta libera exsudatos para estes organismos benéficos, mantendo-os próximos à rizosfera e, em troca, estes organismos contribuem de diversas maneiras, seja pela mineralização de nutrientes (por exemplo, a solubilização do fósforo não-lábil – aquele fósforo que não fica disponível na solução do solo para absorção imediata da planta); proteção contra nematoides e fungos patogênicos; e a produção de fito hormônios, como por exemplo, as auxinas”, explicou detalhadamente Gustavo Silveira.

E é exatamente neste terceiro pilar que a Biotrop tem como propósito transformar o agro, inovando com biológicos para a produção de alimentos saudáveis, mas sempre com foco no sucesso do cliente. “Apresentamos aqui, neste dia de campo, um portfólio robusto da Biotrop, atendendo as necessidades do cafeicultor tanto para o solo, quanto para a parte aérea do cafeeiro: Biotrio, Biofree, Bioasis, Stimutrop, Bioexos, Bombardeiro, Furatrop e o Biocalda”, disse o ATV Pedro Augusto.

O Biotrio® é um potente inoculante promotor de crescimento composto por cepas exclusivas de Bacillus subtilis, B. amyloliquefaciens e B.pumilus que potencializam o equilíbrio biológico do solo e a produtividade das culturas. Com elevada compatibilidade com agroquímicos e armazenamento longo sem refrigeração, o Biotrio® aumenta a produtividade e a rentabilidade; restabelece o equilíbrio biológico da rizosfera; e acelera o desenvolvimento inicial das culturas.

O Biofree® é um exclusivo inoculante promotor de crescimento composto pela combinação de Pseudomonas fluorescens e Azospirillum brasilense. Biofree® é capaz de aumentar a eficiência da adubação de base em até 25%, reequilibrar a biologia do solo e elevar a produtividade das culturas. Único a combinar a fixação biológica de nitrogênio e a mobilização de fósforo. Melhora a absorção de água e nutrientes (Ca, S, Mg, Fe, P e N).

“O Bioasis® é um produto que veio para revolucionar. À base de três bactérias (Bacillus aryabhattai, B. circulus e B. rainezi), é uma das nossas inovações. Posso dizer que se trata de um hidrocapacitor. Como ele age? Ele cria células no entorno da raiz, absorvendo água e mantendo esta raiz hidratada. Isto promove um maior desenvolvimento radicular, faz com que a planta suporte períodos maiores de estresse hídrico, além de contribuir na absorção de nutrientes”, explicou Gustavo Silveira.

Já o Stimutrop® é um fertilizante mineral misto com características únicas de fisioativação que combinam o estímulo ao desenvolvimento das plantas e o crescimento de microrganismos benéficos em um processo sinérgico, capaz de elevar a produtividade das lavouras e a longevidade produtiva dos solos. É um produto focado no enraizamento, que potencializa a performance dos microrganismos benéficos do solo”, disse Pedro Augusto.
O Bombardeiro® é um potente fungicida microbiológico com exclusiva formulação líquida de baixa dosagem e ação multissítio que potencializa e protege o efeito fungicida. Além dos efeitos de choque e residual, também age na promoção de crescimento, indução de resistência das plantas e manejo efetivo de resistência a fungicidas. “Estamos recomendando o Bombardeiro®, em algumas áreas, na substituição às aplicações de Cobre, geralmente utilizadas pelos cafeicultores no controle de Cercospora e outras doenças fúngicas. Além da ação curativa e protetiva do produto, a proposta da Biotrop com a utilização do Bombardeiro® é promover o controle da população do Bicho-Mineiro, que acaba sendo estimulada à partir das pulverizações com cobre nas lavouras”, explicou Pedro Augusto.

Nelson Vieira (esq.) e José Eduardo Leal (dir.) na estação Kimberlit

Na segunda estação tecnológica, José Eduardo Leal (Consultor Técnico Comercial) e Nelson Vieira (Assistente Técnico Comercial) apresentaram todo o portfólio da Kimberlit utilizado na Fazenda Santa Tereza.

A Kimberlit é uma empresa 100% nacional, pertencente ao Essere Group – juntamente com a Bionat, Floema e Loyder –, que está sediada atualmente em Olimpia (SP) e há 32 anos no mercado, traz as melhores soluções para o produtor rural.

“É uma empresa focada no desenvolvimento de soluções que mais agregam valor aos produtores, sempre visando acréscimo de produtividade, contribuindo com o agronegócio brasileiro de forma sustentável. Na região
de Franca (SP), atuamos em parceria com a Grão de Ouro uma empresa Agrogalaxy na cultura do café e cereais. Neste dia de campo, levamos aos produtores soluções que contribuem para um melhor desenvolvimento do cafeeiro, incluindo alternativas para o manejo de pragas e doenças (através da indução de resistência de plantas), nutrição e estímulo fisiológico, além da linha de adjuvantes, que está relacionada com o aumento na eficiência das pulverizações”, explicou José Eduardo.

Adilson Miguel da Silva Jr. apresentando a forma de atuação do adjuvante Blend®

Na última estação tecnológica, uma apresentação estremamente didática do Engº Agrº Adilson Miguel da Silva Jr, Assistente Técnico de Campo do Acerte A. Todos os participantes tiveram a certeza da eficiência do adjuvante Blend® e da importância da utilização de um adjuvante nas operações de pulverização da lavoura.

Com o apoio do Veículo de Tecnologia de Aplicação do Acerta A, Adilson conseguiu mostrar a todos os participantes a importância da utilização de um adjuvante adequado para a pulverização de inseticidas e fungicidas na lavoura de café. “De todos os produtos avaliados pelo Grupo Grão de Ouro Agrogalaxy, o Blend® , da Kimberlite, alcançou os melhores resultados. A pulverização eficiente é um desafio ao agricultor. A cada etapa, do preparo da calda ao ato de sua aplicação, seja terrestre ou aérea, faz-se muito importante o uso de um bom adjuvante. O conhecimento sobre tecnologia de aplicação permite, em função do alvo, da complexidade da mistura de produtos e das condições ambientais, a escolha do adjuvante específico para cada momento”, afirmou Adilson.

Related posts

[José Donizeti Alves] – Você está preparado para a bienalidade da produção de café?

Revista Attalea Agronegócios

Dia mundial da água celebra uso cada vez mais sustentável na agricultura

Revista Attalea Agronegócios

Global Halal Business: Fórum mostra que mercado halal vai muito além da proteína animal

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário