Powered by Rock Convert
Revista Attalea Agronegócios
Image default
EMPRESAS GRÃOS

Fertiláqua leva tecnologia de análise de sementes para produtores

A Fertiláqua realiza nos meses de setembro e outubro a segunda edição do Circuito de Análise de Sementes que tem como objetivo auxiliar o agricultor na tomada de decisão no momento de plantio para a próxima safra, por meio da análise de suas sementes.

Com uma das tecnologias do Laboratório de Análise de Sementes (LAS) da companhia, o produtor poderá ir até o ponto da Fertiláqua e entregar sua amostra de sementes para que seja realizado o teste de tetrazólio que aponta – em apenas um dia – os principais tipos de danos que podem afetar a qualidade fisiológica das sementes, como danos mecânicos, umidade e percevejo.

Na avaliação também é possível verificar a classificação do vigor das sementes em: mais alto vigor, alto vigor, médio vigor, baixo e muito baixo vigor, além das não viáveis.

O Circuito passará pelos estados de Rondônia e Mato Grosso, de 3 de setembro a 5 de outubro. A programação tem início em Ariquemes (3 e 4) e Cerejeiras (5 e 6), em Rondônia; e segue para o estado do Mato Grosso passando pelas cidades: Sapezal (10, 11 e 12), Tangará da Serra (13 e 14), Feliz natal (17), Sinop (18 e 19), Sorriso (20 e 21), Campo Verde (25 e 26), Primavera do Leste (27 e 28), Canarana (1 e 2 de outubro) e, finalizando, em Querência (4 e 5 de outubro).

“O agricultor poderá tirar dúvidas com especialistas da área sem sair de seu local de atuação e entender quais as soluções e tecnologias que podem auxiliá-lo na busca por uma produtividade maior em seu negócio, uma vez que a qualidade da semente interfere diretamente no processo produtivo”, afirma Aline Clemente, gerente do LAS.

A ação irá apresentar conceitos e reforçar a importância do programa Sementes de Verdade, criado pela Fertiláqua, que tem o objetivo de reconhecer sementes de soja de alta qualidade na produção brasileira.

Sobre o Grupo Fertiláqua

Um dos maiores grupos de nutrição, fisiologia de plantas e revitalização de solo, a empresa Fertiláqua atua por meio das marcas Aminoagro, Dimicron e Maximus, a linha Longevus no segmento de cana-de-açúcar, e a linha Golden Seeds para sementeiras e produtores de sementes. A companhia pertence ao fundo de investimento Aqua Capital. Com mais de 300 colaboradores e presença em todo o Brasil, e em outros países da América Latina, a empresa investe em pesquisa, tecnologia e inovação.

A Fertiláqua conta com a sede administrativa em Indaiatuba/SP, fábricas em Cidade Ocidental/GO e Cruz Alta/RS, um centro de distribuição em Cuiabá/MT, dois Laboratórios de Análise de Sementes (LAS) e dois Centros de Inovação Tecnológica (CIT). O grupo disponibiliza uma iniciativa pioneira, o Programa Construindo Plantas (PCP), com ações específicas em cada fase das culturas, do plantio à colheita, para potencializar o desenvolvimento de plantas mais eficientes, e um solo com melhores qualidades físicas, químicas e biológicas, buscando com isso sistemas com maiores potenciais produtivos e consequentemente rentabilidade. Com o objetivo de reconhecer a qualidade das sementes de soja no mercado brasileiro, foi criado pelo grupo o selo Sementes de Verdade. Mais informações no website: www.fertilaqua.com

 

Fonte: Camila Lopes – Alfapress Comunicações

camila.lopes@alfapress.com.br

Related posts

25ª HORTITEC: Netafim apresenta ferramenta digital de controle da irrigação e novos aspersores

Revista Attalea Agronegócios

Empresa apresenta ‘vacina’ para controle da Ferrugem Asiática

[Vinicius Jacopini] – Semente: o berço da mais avançada tecnologia

Deixe um comentário