Image default
EMPRESASGRÃOS

Fertiláqua leva tecnologia de análise de sementes para produtores

A Fertiláqua realiza nos meses de setembro e outubro a segunda edição do Circuito de Análise de Sementes que tem como objetivo auxiliar o agricultor na tomada de decisão no momento de plantio para a próxima safra, por meio da análise de suas sementes.

Com uma das tecnologias do Laboratório de Análise de Sementes (LAS) da companhia, o produtor poderá ir até o ponto da Fertiláqua e entregar sua amostra de sementes para que seja realizado o teste de tetrazólio que aponta – em apenas um dia – os principais tipos de danos que podem afetar a qualidade fisiológica das sementes, como danos mecânicos, umidade e percevejo.

Na avaliação também é possível verificar a classificação do vigor das sementes em: mais alto vigor, alto vigor, médio vigor, baixo e muito baixo vigor, além das não viáveis.

O Circuito passará pelos estados de Rondônia e Mato Grosso, de 3 de setembro a 5 de outubro. A programação tem início em Ariquemes (3 e 4) e Cerejeiras (5 e 6), em Rondônia; e segue para o estado do Mato Grosso passando pelas cidades: Sapezal (10, 11 e 12), Tangará da Serra (13 e 14), Feliz natal (17), Sinop (18 e 19), Sorriso (20 e 21), Campo Verde (25 e 26), Primavera do Leste (27 e 28), Canarana (1 e 2 de outubro) e, finalizando, em Querência (4 e 5 de outubro).

“O agricultor poderá tirar dúvidas com especialistas da área sem sair de seu local de atuação e entender quais as soluções e tecnologias que podem auxiliá-lo na busca por uma produtividade maior em seu negócio, uma vez que a qualidade da semente interfere diretamente no processo produtivo”, afirma Aline Clemente, gerente do LAS.

A ação irá apresentar conceitos e reforçar a importância do programa Sementes de Verdade, criado pela Fertiláqua, que tem o objetivo de reconhecer sementes de soja de alta qualidade na produção brasileira.

Sobre o Grupo Fertiláqua

Um dos maiores grupos de nutrição, fisiologia de plantas e revitalização de solo, a empresa Fertiláqua atua por meio das marcas Aminoagro, Dimicron e Maximus, a linha Longevus no segmento de cana-de-açúcar, e a linha Golden Seeds para sementeiras e produtores de sementes. A companhia pertence ao fundo de investimento Aqua Capital. Com mais de 300 colaboradores e presença em todo o Brasil, e em outros países da América Latina, a empresa investe em pesquisa, tecnologia e inovação.

A Fertiláqua conta com a sede administrativa em Indaiatuba/SP, fábricas em Cidade Ocidental/GO e Cruz Alta/RS, um centro de distribuição em Cuiabá/MT, dois Laboratórios de Análise de Sementes (LAS) e dois Centros de Inovação Tecnológica (CIT). O grupo disponibiliza uma iniciativa pioneira, o Programa Construindo Plantas (PCP), com ações específicas em cada fase das culturas, do plantio à colheita, para potencializar o desenvolvimento de plantas mais eficientes, e um solo com melhores qualidades físicas, químicas e biológicas, buscando com isso sistemas com maiores potenciais produtivos e consequentemente rentabilidade. Com o objetivo de reconhecer a qualidade das sementes de soja no mercado brasileiro, foi criado pelo grupo o selo Sementes de Verdade. Mais informações no website: www.fertilaqua.com

 

Fonte: Camila Lopes – Alfapress Comunicações

camila.lopes@alfapress.com.br

Related posts

Arysta LifeScience apoia Dia de Campo de Verão da I.Riedi em Toledo (PR)

Mario

Selgron lança selecionadora óptica com inteligência artificial para classificação de produtos

carlos

Tecnologia da Rotam auxilia no combate a ervas daninhas nas pastagens

Mario

Deixe um Comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais