Powered by Rock Convert
Revista Attalea Agronegócios
Image default
Café

[Escritório Carvalhaes] – Boletim semanal – ano 85 – n° 46

ESCRITÓRIO CARVALHAES
A mais antiga publicação periódica do café brasileiro –
desde 1933, a melhor fonte de pesquisa sobre o mercado mundial de café.
www.carvalhaes.com.br

 

Santos, sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Nesta semana, mais curta para os negócios de café no Brasil devido ao feriado nacional em comemoração ao aniversário de Proclamação da República, ontem 15 de novembro, tivemos fortes oscilações na cotação do dólar frente ao real e também no valor dos contratos de café na ICE Futures US. Entretanto, no balanço da semana a queda em Nova Iorque acabou sendo pequena. Entre dias de forte baixa e outros de forte alta, os contratos de café com vencimento em março próximo perderam apenas 120 pontos no período. Com a cotação do dólar frente ao real aconteceu a mesma coisa. Ela fechou hoje praticamente no mesmo valor em que fechou na sexta-feira passada.

No Brasil, as oscilações fortes do dólar frente ao real acompanharam o cenário externo adverso. Ventos contrários se intensificam com o acúmulo de notícias negativas em diversas economias ao redor do mundo. No cenário interno, os anúncios de nomes que formarão os primeiros escalões do futuro governo Bolsonaro, em geral foram bem recebidos por analistas e por grande parte da população brasileira, mas não deixaram de gerar dúvidas e boatos que acabaram contribuindo com o sobe e desce de nossa moeda.

As oscilações na ICE tiveram como motor principal o comportamento do real frente ao dólar e como pano de fundo as notícias de uma safra mundial de café um pouco maior e de chuvas satisfatórias em boa parte das plantações brasileiras de café. Nesse cenário, os operadores em Nova Iorque aceleraram a rolagem para março dos contratos de café com vencimento em dezembro próximo. Faltam apenas 11 mil contratos, que deverão ser rolados no início da próxima semana.

No mercado físico brasileiro, as ofertas em reais foram mais baixas esta semana e dificultaram bastante o fechamento de negócios. Hoje, dia útil entre um feriado e o final da semana, o mercado permaneceu travado. Foi um dia “enforcado” por muitos operadores.

Até o dia 9 de novembro, os repasses do FUNCAFÉ – Fundo de Defesa da Economia Cafeeira aos agentes financeiros na safra 2018/2019 chegaram a R$ 3,7 bilhões, 75,3% do total de R$ 4,9 bilhões autorizados para este ano-safra.

Do volume recebido por todos os agentes até a data, R$ 1,5 bilhão foram destinados para a linha de Estocagem; R$ 762,1 milhões ao FAC – Financiamento para Aquisição de Café; R$ 721,7 milhões para Custeio; e R$ 678,8 milhões para as linhas de Capital de Giro, sendo R$ 319,6 milhões para Cooperativas de Produção, R$ 212,3 milhões para Indústrias de Torrefação e R$ 146,9 milhões para o setor de Solúvel.

Na próxima semana, no dia 21 de novembro, quarta-feira, na Bolsa Oficial de Café, sede do Museu do Café, a Câmara Setorial de Café do Estado de São Paulo realizará a Cerimônia de Premiação do 17º Concurso Estadual de Qualidade do Café de São Paulo. Na ocasião serão divulgados os 12 cafeicultores premiados e as empresas que compraram em um leilão os lotes premiados. Esses lotes serão industrializados e se converterão na 16ª Edição Especial dos Melhores Cafés de São Paulo.

Até dia 14, os embarques de novembro estavam em 903.236 sacas de café arábica, 24.264 sacas de café conillon, mais 49.477 sacas de café solúvel, totalizando 976.977 sacas embarcadas, contra 979.803 sacas no mesmo dia de outubro. Até o mesmo dia 14, os pedidos de emissão de certificados de origem para embarque em outubro totalizavam 1.707.386 sacas, contra 1.774.231 sacas no mesmo dia do mês anterior.

A bolsa de Nova Iorque – ICE, do fechamento do dia 9, sexta-feira, até o fechamento de hoje, dia 16, caiu nos contratos para entrega em março próximo 120 pontos ou US$ 1,59 (R$ 5,94) por saca. Em reais, as cotações para entrega em março próximo na ICE fecharam no dia 9 a R$ 580,99 por saca, e hoje dia 16 a R$ 575,06. Hoje, sexta-feira, nos contratos para entrega em dezembro a bolsa de Nova Iorque fechou com alta de 250 pontos.

Escritório Carvalhaes

Powered by Rock Convert

Related posts

SINCAL encaminha ofício solicitando levantamento de Preço Mínimo do café pela CONAB

Revista Attalea Agronegócios

“Robusta Amazônico”: Café de Rondônia terá certificado de origem geográfica

Revista Attalea Agronegócios

[Rodrigo Corrêa da Costa] – Mercado do Café – 10 a 15/09/2018

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário