Image default
GRÃOSMilho e Soja

Empresa apresenta ‘vacina’ para controle da Ferrugem Asiática

Uma das doenças de maior gravidade para a sojicultura, a ferrugem asiática, provocada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi, tem suscitado o desenvolvimento de novas tecnologias para o combate de pragas na agricultura brasileira. Com previsão de lançamento em 2021, a startup brasileira Gênica apresentou, durante o Summit Agro Estadão, no painel Agrotech, um composto natural capaz de ativar as rotas bioquímicas naturais da planta, contribuindo para melhorar a eficácia no combate ao fungo que já levou a perdas de mais de 25% na produtividade da soja no País.

“O que temos percebido é que o composto não vai eliminar o uso de agroquímicos, mas será mais uma ferramenta no combate à ferrugem asiática”, explica Marcos Pateon, da Gênica.

O executivo lembra que os fungicidas ainda sofrem com uma obsolescência cada vez maior devido à má aplicação por parte dos produtores e à rápida adaptação e evolução dos patógenos.

Atualmente, 62,3% dos fungicidas vendidos no País são destinados à cultura da soja, segundo dados do Instituto de Economia Agrícola (IEA-Apta), da Secretaria de Agricultura paulista, citados pela Gênica.

Apresentado pela empresa como uma “vacina”, o composto ativa uma espécie de “defesa” natural das plantas antes que o fungo se desenvolva. “Como qualquer ferramenta, não existe milagre. Mas com a vacina temos mais uma opção importante no manejo da ferrugem”, ressalta Pateon.

 

FONTE: O Estado de S.Paulo

Related posts

Microrganismos para o manejo da fertilidade do solo são promotores de crescimento de plantas

carlos

ESPECIAL: Ensaio de Variedades de Soja da Dedeagro reúne mais de 250 produtores na Fazenda São Jorge

Mario

Chuva acumulada de até 500 milímetros alaga lavouras de soja e arroz na região de Dom Pedrito (RS)

Mario

Deixe um Comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais