Aves e SuínosComércio ExteriorMercado

Embarques de genética avícola crescem 74,6% em 2023

Material genético avícola (ovos embrionados e pintos de 01 dia) são procurados por México, Senegal e África do Sul.

As exportações de material genético avícola (ovos embrionados e pintos de 01 dia) totalizaram 2,448 mil toneladas em outubro, informa a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). O número supera em 67,2% o total exportado no mesmo período do ano passado, com 1,464 mil toneladas. Em receita, a alta é de 33,7%, com US$ 20,567 milhões neste ano, contra US$ 15,384 milhões no mesmo período de 2022.

Considerando o período entre janeiro e outubro, as exportações de material genético avícola totalizaram 21,572 mil toneladas, número 74,6% maior que o registrado no mesmo período do ano passado, com 12,358 mil toneladas. Em receita, a alta é de 43,8%, com US$ 200,567 milhões em 2023, contra US$ 139,474 milhões em 2022.

Entre os principais destinos das exportações em outubro, o México segue líder, com 615 toneladas importadas. O número, no entanto, é 31,6% menor que o registrado no mesmo período do ano passado. Por outro lado, Senegal ampliou suas importações em 281,2%, com a importação de 568 toneladas no mês.

“Um dos destaques é a África do Sul, país que tem buscado superar os efeitos de focos de Influenza Aviária em sua produção, e que neste mês retomou suas importações de genética avícola do Brasil, com o total de 465 toneladas em outubro, assumindo o terceiro posto”, detalha o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

Ovos embrionados

Related posts

Porcos Caipiras: Cartilha da Emater-MG orienta sobre criação

Mario

Gripe aviária: como proteger seu criatório da contaminação?

Mario

[Cintia Santos] – Tendências e oportunidades para a suinocultura brasileira

Mario

Deixe um Comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais