Notícia

 Komatsu supera suas expectativas de vendas em sua estreia na Agrishow

Komatsu supera suas expectativas de vendas em sua estreia na Agrishow

Fonte: Rita Dias - Informativa Mídia

Contato: rita@informativamidia.com.br
Data: 09/05/2018

Em sua primeira participação na AGRISHOW (Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação), com um estande de 600 m2, a Komatsu Brasil International superou suas expectativas de negócios na 25ª edição da feira, realizada entre os dias 30 de abril a 04 de maio, em Ribeirão Preto, São Paulo.

Segundo Luciano Rocha, gerente geral de Vendas e Marketing Equipamento de Construção da Komatsu, o balanço foi bem positivo e a empresa recebeu clientes de grande expressão de todo o País. “Contamos com a presença de toda a nossa rede de distribuidores na feira, que proporcionaram atendimento diferenciado aos visitantes de todas as regiões do Brasil e conseguimos fechar grandes negócios”, comemora o executivo que ainda destaca a presença do Banco Komatsu durante a feira, com taxas especiais, o que alavancou ainda mais as vendas.

A Komatsu levou para a Agrishow quatro máquinas aplicadas no setor agro, como:

CARREGADEIRA DE RODAS WA200-6

Trata-se de um equipamento versátil, econômico e produtivo. Equipado com motor Tier 3, em conformidade com as normas PROCONVE MAR I, possui potência de 126 HP e peso operacional de 10.560 kg. Destaca-se que o peso operacional é uma característica que diferencia o equipamento no segmento do agronegócio.

Importante ressaltar também que a Komatsu é pioneira na utilização do sistema de transmissão hidrostático, conferindo mudança automática de velocidade com máxima potência e eficiência ao equipamento. Além disso, a WA200-6 conta com outros diferenciais: o torque proporcional nos dois eixos, sistema variável de controle de tração, e ventilador de acionamento hidráulico com inversão de rotação. A máquina vem equipada de série com cabine com certificação ROPS.

ESCAVADEIRA HIDRÁULICA PC130-8

Desenvolvida para atuar como máquina de suporte nas atividades do segmento agrícola, como: abertura de vala, curva de nível e cocho para animais, entre outras. Visando flexibilidade, o equipamento possui cinco modos de trabalho (potência, econômico, içamento, rompedor e implemento) com características de operação, proporcionando maior potência e menor consumo de combustível.

A PC130-8 possui peso operacional de 13.265 kg, motor Tier 3 de 4 cilindros, em conformidade com as normas PROCONVE MAR I e potência de 92 HP. 
No que se refere a segurança, a PC130-8 vem equipada com cabine certificada ROPS/OPG nível 1, placas antiderrapantes, além de câmeras traseiras (opcionais) que monitoram as áreas ao redor.

MOTONIVELADORA GD655-5

O equipamento possui potência de 218 HP e peso operacional de 17.915 kg. Como destaque, dispõe de lâmina com 3,71 m de comprimento que graças a cabine hexangular, além de uma ampla visão para operação, que permitem total visibilidade da lâmina. Isso é possível porque a Komatsu fabrica todos os principais componentes da máquina, como motores e sistemas eletrônicos e hidráulicos, favorecendo a pesquisa e o desenvolvimento de novas tecnologias.

Fabricado de acordo com a norma EPA Tier 3 e obedecendo a norma de emissões PROCONVE MAR I, o motor Komatsu SAA6D107E-1 de 6 cilindros da motoniveladora possui o sistema de injeção eletrônica common rail para cargas pesadas.  Esse sistema também fornece uma resposta mais ágil nas acelerações, aumentando a potência da máquina e a resposta hidráulica.

TRATOR DE ESTEIRAS D51EX-22

Dotado de projeto inovador, com o radiador transferido para a parte traseira da máquina, o equipamento confere ao operador uma visão total da lâmina. Reconhecido como melhor da categoria, o Trator de Esteiras D51EX-22 é equipado com o novo motor Komatsu de seis cilindros e potência de 130 HP, em conformidade com PROCONVE MAR I. O ventilador de arrefecimento do motor é controlado eletronicamente, resultando na redução do consumo de combustível e níveis de ruído.

Para facilitar a limpeza das aletas, o ventilador pode operar com a rotação no sentido inverso, o que elimina objetos presos nas áreas de arrefecimento. 
O D51EX-22 possui um sistema de transmissão hidrostática (HST) desenvolvido pela Komatsu. Controlado eletronicamente, o sistema fornece potência e controle na medida exata e necessária para a operação, garantindo maior potência com menor consumo de combustível e, consequentemente, menor custo de manutenção.

CONDIÇÕES ESPECIAIS AGRISHOW

Importante destacar que as máquinas comercializadas durante a feira, além das condições especiais oferecidas, tiveram o bônus de manutenção gratuita através do Plano de Manutenção Preventiva Komatsu, que compreende cinco revisões ou duas mil horas de trabalho.

KOMATSU SHOP

A Komatsu aproveitou a Agrishow para lançar a comercializar mercadorias com a marca Komatsu. Na loja, instalada no estande, o visitante pôde adquirir camisetas, botas e mochilas, entre outros artigos. 

KOMTRAX

O sistema de monitoramento que a Komatsu desenvolveu para seus clientes, que proporciona maior eficiência ao processo, foi mostrado na feira. Trata-se de um recurso gratuito (por 10 anos) que é empregado em toda a linha de produtos Komatsu tanto para o gerenciamento de frota quanto para um Pós-Venda de excelência pela rede de Distribuidores. O sistema informa todas as operações que o equipamento realiza em campo.

Além dos já tradicionais recursos de localização, horímetro, alertas, acompanhamento de manutenção, consumo e dados de operação, o KOMTRAX permite acompanhar também os modelos mais novos da marca. Desta forma, é possível saber se a máquina está sendo operada de forma econômica e eficiente, pois o recurso armazena as recomendações dadas ao operador e a evolução de sua performance. O KOMTRAX pode ser acessado através de PC e de smartphones, com o KOMTRAX Mobile.

SOBRE A KOMATSU

A Komatsu instalou-se no Brasil em 1975 na cidade de Suzano, São Paulo, em uma área de 634.000 m². A fábrica brasileira foi a primeira planta fora do Japão, fazendo parte da estratégia de expansão global com um parque fabril completo com fundição própria e processos de usinagem, caldeiraria, montagem, inspeção final e expedição.

Em 1997, inaugurou a segunda planta no Brasil, na cidade de Arujá, ocupando uma área total de 24.000 m² onde são produzidos tanques, caçambas, cabines, chassis e chaparia em geral. Em 1998, criou a Komatsu Brasil Internacional, subsidiária de vendas destinada exclusivamente a cuidar do mercado brasileiro.

Hoje, a Komatsu atua nos segmentos de infraestrutura, agricultura, mineração, rodoviários, ferroviários, aeroportuários, hidroelétricos, petroquímicos e florestais.