Image default
Cana de Açúcar

CTNBIO aprova nova variedade de cana do CTC

Segunda variedade de cana geneticamente modificada da empresa tem como principal característica à resistência à praga da broca.

A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) aprovou o uso comercial do segundo evento de modificação genética em cana de açúcar desenvolvida pelo Centro de Tecnologia Canavieira (CTC). A CTC9001BT, resistente a Broca-da-Cana (Diatraea saccharalis), vem ampliar o portfólio da empresa em soluções para o controle da principal praga que afeta as lavouras no Brasil, com prejuízos que chegam a R$ 5 bilhões por ano, devido a perdas de produtividade agrícola e industrial, qualidade do açúcar e custos com inseticidas. “A variedade CTC9001 convencional tem sido uma das mais plantadas no Brasil.  A modificação genética realizada tornando-a resistente a broca trará enorme benefício para nossos clientes.”, afirma Viler Janeiro, diretor de Assuntos Corporativos do CTC.

Além dos ganhos econômicos, com melhor produtividade e qualidade do açúcar, estudos de processo provaram que o açúcar e o etanol obtidos a partir da cana Bt são idênticos aos produtos derivados de cana convencional. Estudos adicionais mostraram ainda que tanto o gene Bt como a proteína são completamente eliminados nos derivados de cana-de-açúcar durante o processo de fabricação.

Ainda, estudos ambientais não constataram quaisquer efeitos negativos relacionados à composição do solo, à biodegradabilidade da cana GM ou às populações de insetos, exceto às pragas alvo (principalmente broca).

Fonte: DATAGRO

Related posts

Em Uberaba (MG), ministra defende aperfeiçoamento do programa RenovaBio

Mario

VWCO inicia testes com primeiro caminhão autônomo da marca

carlos

Moagem na 1ª quinzena de agosto retrai 13,7% em relação à safra 2021/2022

Mario

Deixe um Comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais