fbpx
Revista Attalea Agronegócios
EVENTOS - DESTAQUES

Congresso Brasileiro de Nematologia começa nesta segunda-feira em Ribeirão Preto (SP)

Congresso Brasileiro de Nematologia vai ocorrer de 1º a 4 de agosto, reunindo mais de 900 inscritos, sendo 500 na modalidade presencial e o restante na versão on-line.

Com recorde de inscritos, o 37º Congresso Brasileiro de Nematologia (CBN), um dos principais eventos da área de fitossanidade – começa nesta segunda-feira (01/08) e prossegue até quinta-feira (04/08) em Ribeirão Preto (SP), com o tema “Nematoides: Ciência, Tecnologia e Inovação”.

Maior edição realizada, o 37º CBN já está com mais de 900 inscrições realizadas – sendo 500 na modalidade presencial e as demais na versão on-line. “Superamos de forma absoluta o número de congressistas de eventos anteriores, que historicamente alcançavam entre 300 a 400 participantes”, comemora o presidente do 37º CBN, Pedro Soares, nematologista e professor da Unesp de Jaboticabal.

Os congressistas inscritos são de 177 cidades brasileiras, tanto de capitais como do interior, de 21 estados. Teremos também participantes de 10 países como Alemanha, Argentina, Bélgica, Colômbia, Dinamarca, Estados Unidos, Moçambique, Paraguai, Portugal e Peru.

As inscrições estão bem distribuídas, de Norte ao Sul do Brasil, mas os dez principais Estados com maior número de inscritos até o momento são: São Paulo (259), seguido do Paraná (67), Minas Gerais (62), Goiás (59), Mato Grosso (44), Rio Grande do Sul (39), Bahia (27), Mato Grosso do Sul (17), Distrito Federal (11) e Pernambuco (7).

As vagas presenciais já estão esgotadas, mas interessados podem se inscrever no site https://www.37cbn.com.br/ para assistir o evento na modalidade on-line.

Esta edição selecionou 38 palestrantes e montou uma grade diversificada com cerca de 50 atividades, entre palestras painéis e mesas-redondas, para proporcionar aos congressistas discussões amplas com os especialistas.

Durante os quatro dias, os palestrantes irão debater sobre inovações no controle químico e biológico de nematoides, agricultura de precisão e digital, tecnologias para lavouras irrigadas e de sequeiro, como grãos, cana-de-açúcar, cafeeiros, frutíferas, hortaliças, entre outras culturas terão amplo espaço nas discussões.

Direcionado a professores, pesquisadores, agricultores, técnicos, consultores e estudantes de graduação e pós-graduação, a programação do evento este ano prioriza também o produtor rural com cases que vêm apresentando ótimos resultados no campo. “O objetivo é estimular maior integração entre pesquisadores e agricultores, compartilhando as principais inovações para o manejo de nematoides no campo”, explica o presidente do evento.

Pedro Soares acrescenta que os problemas causados pelos nematoides não são específicos a uma determinada área produtiva, mas sim a todas as regiões de produção agrícola do país, causando grande impacto financeiro, em todas as culturas de importância econômica, com destaque para a soja, que ocupa a maior área de plantio. Os prejuízos estimados no Brasil causados por nematoides chegam a mais de R$ 70 bilhões por ano, considerando os atuais valores de custos de produção, das commodities, entre outros.

O Congresso também está com um número excelente de trabalhos científicos: são 210 trabalhos aprovados, dos quais 70 são sobre o controle biológico, 26 de controle químico, 25 de controle alternativo, 23 de controle genético, 12 de controle cultural, entre vários outros.

Palestras

A conferência inaugural sobre “Ciência, Tecnologia e Inovação na era do conhecimento” será proferida pelo doutor Tsen Chung Kang, diretor de pesquisa de novos negócios do Grupo Jacto.

Entre os palestrantes, o evento convidou o professor doutor Johan Desaeger, da Flórida (EUA), para falar sobre “O efeito das mudanças climáticas nas culturas e nos nematoides”.

Outra palestra de grande destaque é sobre “Eletrocussão, uma inovação prática no controle de nematoides no Brasil”. O engenheiro agrônomo Emílio Garnham Vergara, da empresa Zasso, de Indaiatuba (SP), irá detalhar a capina por meio de descarga elétrica, uma nova tecnologia que permite um controle ecológico dos nematoides.

O uso de fungos micorrízicos no controle biológico de nematoides, uma solução inovadora no mercado, está entre as inovações em bionematicidas que serão demonstradas no evento. O tema será abordado pelo agrônomo Eduardo Figueiredo de Andrade, da Sumitomo Chemichal, de São Paulo (SP).

A agricultura regenerativa tem ganhado cada vez mais espaço no agronegócio. Um dos convidados para falar de nematoides de cana-de-açúcar produzida de forma orgânica é o agrônomo Leontino Balbo, diretor das Usinas São Francisco e Santo Antônio, dos Produtos Orgânicos NATIVE, de Sertãozinho (SP).

SERVIÇO

37º Congresso Brasileiro de Nematologia (CBN)
Tema: Nematoides: Ciência, Tecnologia e Inovação
Quando: de 1º a 4 de agosto de 2022
Onde: Hotel JP em Ribeirão Preto (SP)
Inscrições e informações: acesse o site e faça sua inscrição para a versão digital: https://linktr.ee/cbnematologia

Related posts

FIIB 2018: Netafim lança sistema inovador de irrigação digital

50ª EXPOAGRO: Franca (SP) sediará a etapa final do Circuito Nacional de Marcha de Muares

Principais novidades tecnológicas para o Agro estarão na AGRISHOW 2022

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário