EDITORIAL DO MÊS

[Carlos Arantes Corrêa] – Editorial do Mês – Abril 2023 – “A importância da pesquisa!”

CARLOS ARANTES CORRÊA
Editor-Chefe da Revista Attalea Agronegócios

Engenheiro Agrônomo pela UNESP-Ilha Solteira e Especialização pela UFLA
Esteve Secretário de Desenvolvimento na Prefeitura de Franca (2012-2016).
Esteve Consultor de Agronegócios do SEBRAE-Franca (2005-2008).
Esteve Chefe da Divisão de Agropecuária na Prefeitura de Franca (1997 a 2004).
Esteve Supervisor no IBGE Franca (1996).

O principal destaque desta edição nº 192 (quase 17 anos de trabalho da Revista Attalea Agronegócios) é sobre a 3ª ALTA CAFÉ – Feira de Negócios e Tecnologia da Alta Mogiana, feira que reuniu o Agronegócio Café do Brasil entre os dias 21 e 23 de março. Sucesso de negócios gerados, público visitante, número de expositores e organização.

Mas gostaria de ressaltar, aqui neste editorial, um fato que passou DESPERCEBIDO pelas autoridades locais, para a imprensa em geral e também para todo o setor cafeeiro de Franca e demais municípios da Região da Alta Mogiana, quando da realização do Dia de Campo da Fundação Procafé, no dia 19 de abril último.

Esqueceram de COMEMORAR o lançamento da nova variedade de café (Catucaí APA) para a Região da Alta Mogiana. Esqueceram da história, esqueceram da importância da UNIÃO….. Este fato é uma CONQUISTA ENORME.

Um parêntese. Em abril, passei uma semana na Região do Cerrado Mineiro. Como uma região “tão nova em termos de cafeicultura” conseguiu um reconhecimento tão expressivo mundialmente? Simplesmente deixaram de lado as pretensões pessoais e se uniram em prol da Região do Cerrado Mineiro.

Voltando à Região da Alta Mogiana. Não sou o especialista da área, mas considero que tenho uma certa autorização para falar sobre o tema, pois foram 20 anos trabalhando no serviço público e interagindo com o setor da cafeicultura. Aqui há uma dificuldade enorme de compreensão, de deixar de lado as pretensões pessoais e reunir esforços por um bem maior: o fortalecimento e a promoção da Região da Alta Mogiana. Mas um dia chegaremos lá.

Quero aqui parabenizar a união e o trabalho desenvolvido pelo Município de Franca (cessão da área de 20 hectares para a criação da Fazenda Experimental de Franca) e pelo financiamento e o trabalho desenvolvido pela COCAPEC – Cooperativa dos Cafeicultores e Agropecuaristas desde o ano 2000 (quando foi criada a Fundação Experimental do Café da Alta Mogiana) até o ano de 2013 (quando foi assinado o convênio com a Fundação Procafé).

Observaram? São 23 anos da criação da Fundação e dez anos de pesquisa da Fundação Procafé na Região da Alta Mogiana. Quais foram os frutos? Muitos. Uma enormidade de pesquisas e o lançamento da nova variedade de café. Tudo para beneficiar os cafeicultores, a cafeicultura, a economia e, por consequência, os próprios Municípios da Região da Alta Mogiana. Precisa ser COMEMORADO.

Quando existem POLÍTICAS PÚBLICAS e as instituições se sentem COMPROMETIDAS com o desenvolvimento de um setor econômico, todos ganham. Parabéns a todos os envolvidos, em especial a José Carlos Rodrigues (que já não está entre nós), um dos idealizadores do projeto da Fundação do Café lá pelos idos do ano 1999.

Uma excelente leitura a todos

ENGº AGRº CARLOS ARANTES CORRÊA

Related posts

[Carlos Arantes Corrêa] – Editorial do Mês – Maio 2023 – “Produto ou Manejo ?!?!”

Mario

Deixe um Comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais