CaféCafés EspeciaisEVENTOS - DESTAQUES

Cafés de Ribeirão Corrente (SP) e Santo Antônio da Alegria (SP) vencem o 21º Concurso de Qualidade do Café Paulista

Cerimônia de premiação dos melhores cafés do Estado de SP aconteceu no IAC – Instituto Agronômico de Campinas, no dia 20 de dezembro.

Em cerimônia realizada no dia 20 de dezembro, no IAC – Instituto Agronômico de Campinas premiou os melhores cafés paulistas em quatro categorias:- 1)- Coffea Arabica convencional preparado por via seca; 2)- Coffea Arabica convencional preparado por via úmida; 3)- Coffea Arabica convencional preparado via fermentação induzida; e 4)- Coffea Arabica orgânico preparado por via seca.

Em parceria com a FUNDAG – Fundação de Apoio à Pesquisa Agrícola, Syngenta e Jacto, o 21º Concurso Estadual “Qualidade do Café Paulista” recebeu 184 amostras, das quais 175 foram classificadas, sendo certificadas as 10 melhores em cada categoria.

O secretário de Agricultura, Francisco Matturro, falou à abertura da premiação e agradeceu aos apoiadores. “Tivemos muito trabalho para trazer este concurso, mas toda proposta, para ser bem realizada, dá trabalho”, disse. “Saúdo também os produtores de café”, agradeceu o secretário, elogiando, ainda, toda a equipe da Secretaria de Agricultura, que se empenhou pela retomada do concurso.

Após um período de vacância, o Concurso Estadual “Qualidade do Café Paulista” volta em sua 21ª edição, sob a condução da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI) e Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta).

Mais uma vez a Região da Alta Mogiana se destacou dentre todas as regiões produtoras de café do Estado de São Paulo, com cafeicultores bem posicionados em cada categoria.

Confira a lista de ganhadores.

CATEGORIA
Coffea arabica Convencional preparado por via seca

1. TIAGO DONIZETTI RODRIGUES – 86,33 PTS – SANTO ANTÔNIO DA ALEGRIA
2. GABRIEL AFONSO MEI ALVES DE OLIVEIRA – 86,00 PTS – CRISTAIS PAULISTA
3. RONALDO DONIZETE DE FARIA – 85,75 PTS – DIVINOLÂNDIA
4. JORGE PAULO ROUXINOLLI – 85,50 PTS – MONTE ALEGRE DO SUL
5. NELSON BATISTA – 85,00 PTS – SÃO JOÃO DA BOA VISTA
6. JOSÉ ALBERTO BALDUINO – 84,88 PTS – RIBEIRÃO CORRENTE
7. ADRIANO ANDREOTTI MOURÃO – 84,75 PTS – CRISTAIS PAULISTA
8. ADONIS CERRI – 84,50 PTS – SÃO SEBASTIÃO DA GRAMA
9. JOSÉ LUIZ SAMMARCO PALMA – 84,44 PTS – ALTINÓPOLIS
10. LEANDRO ZANESCO DE SOUZA – 84,37 PTS – SOCORRO

Flávia Olivito Lancha Alves de Oliveira, de Cristais Paulista (SP), conquistou dois prêmios no 21º Concurso de Qualidade do Café Paulista: 2º lugar na Categoria Via Seca e 7º lugar na Categoria Fermentação Induzida.

CATEGORIA
Coffea arabica Convencional preparado por via úmida (CD)

1. MARIA ANTONIA APARECIDA DE LUCCA – 90,33 PTS – BARRA DO TURVO
2. JOSE ADIL BRAGGION – 87,83 PTS – BRAGANÇA PAULISTA
3. ARNALDO FRANCO MORAES – 86,58 PTS – SANTO ANTÔNIO DO JARDIM
4. ANTONIO RAGAZZO – 86,33 PTS – ESPÍRITO SANTO DO PINHAL
5. MARIANA MARTINS DE SOUZA – 84,50 PTS – DIVINOLÂNDIA
6. JOÃO LUIS COBRA MONTEIRO – 84,00 PTS – SÃO JOSÉ DO RIO PARDO
7. FÁBIO COLLETTI BARBOSA – 83,75 PTS – ESPÍRITO SANTO DO PINHAL
8. REGINALDO FARIAS SANTOS – 83,67 PTS – SERRA NEGRA
9. DALCIO AGOSTINHO DE OLIVEIRA GUIDETTI – 83,50 PTS – SERRA NEGRA
10. ALBINO MOREIRA ALVES – 83,42 PTS – GARÇA

Luiz da Cunha Sobrinho (Ribeirão Corrente/SP), 9º lugar na Categoria Fermentação Induzida.

CATEGORIA
Coffea arabica Convencional preparado via fermentação induzida

1. JOÃO PAULO RIBEIRO CAPOBIANCO – 87,67 PTS – SOCORRO
2. LUIZ EDUARDO DE BOVI – 86,58 PTS – SOCORRO
3. JONAS TADEU RAGAZZO – 86,42 PTS – ESPÍRITO SANTO DO PINHAL
4. MANASSES SAMPAIO DIAS – 86,00 PTS – DIVINOLÂNDIA
5. PAULO IZIDRO ARCHANJO – 85,75 PTS – DIVINOLÂNDIA
6. JOÃO HAMILTON DOS SANTOS – 85,17 PTS – CACONDE
7. FLÁVIA OLIVITO LANCHA ALVES DE OLIVEIRA – 84,67 PTS – CRISTAIS PAULISTA
8. JULIO CÉSAR RAGAZZO – 84,50 PTS – ESPÍRITO SANTO DO PINHAL
9. LUIZ DA CUNHA SOBRINHO – 84,00 PTS – RIBEIRÃO CORRENTE
10. ANTÔNIO CANASSA – 83,75 PTS – CAJURU

Os irmãos Luis Cláudio Cunha (na foto, com a esposa Elaine) e André Cunha (na foto com o filho Vinícius), de Ribeirão Corrente (SP), foram os vencedores da Categoria Orgânico.

CATEGORIA
Coffea arabica orgânico preparado por via seca

1. LUIS CLAUDIO CUNHA E OUTROS – 87,00 PTS – RIBEIRÃO CORRENTE
2. JOÃO PAULO RIBEIRO CAPOBIANCO – 86,75 PTS – SOCORRO
3. GUSTAVO LEONEL – 84,42 PTS – FRANCA
4. FERNANDO DE OLIVEIRA SARRETA – 83,08 PTS – JERIQUARA
5. ROSANA APARECIDA PRETO DA SILVA MARCHI – 82,67 PTS – SERRA NEGRA
6. REGINALDO FARIAS SANTOS – 81,75 PTS – SERRA NEGRA
7. EDEVARDE FONTE – 76,58 PTS – SERRA NEGRA

Os irmãos Gustavo e Alexandre Leonel, de Franca (SP), terceiros melhores classificados no Estado de São Paulo na Categoria Orgânico

Related posts

[Silas Brasileiro] – Balanço Semanal CNC — 25 a 29 de março de 2019

Mario

Jacto mantém condições especiais que seriam oferecidas na Fenicafé

Mario

Lançada Expoarroz Tech 2019, que acontecerá de 14 a 16 de maio.

Mario

Deixe um Comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais