fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Cana de Açúcar

Bureau Veritas valida primeiro programa de emissão de títulos verdes para produtores de cana-de-açúcar

Ação pioneira no setor deve beneficiar, inicialmente, 65 fornecedores da Usina Coruripe que tiveram elegibilidade aos princípios de Green Bonds atestada pelo Grupo.

O Bureau Veritas, líder mundial em Teste, Inspeção e Certificação (TIC), valida o primeiro programa de emissão de Títulos Verdes para produtores de cana-de-açúcar, possibilitando a aquisição de linhas de crédito atreladas aos Green Bonds Principles (GBP).

A iniciativa é pioneira no setor e deve beneficiar, inicialmente, 65 fornecedores da Usina Coruripe, por meio de operação de Certificado de Recebíveis do Agronegócio (CRA), estruturada e intermediada pela Datagro Financial, unidade de negócios financeiros da Datagro, a maior consultoria agrícola independente, e a Vectis Capital Solutions, empresa de estruturação de operações financeiras.

A operação contou ainda com a garantia do BNDES à Classe Sênior do CRA. Além de atestar a elegibilidade dos candidatos, o Bureau Veritas é responsável por assegurar os parâmetros do Green Bond Framework da produtora de álcool, açúcar e energia, em relação aos requisitos de conformidade ambiental, melhores práticas de produção, uso e gestão de recursos, processo para avaliação e seleção dos projetos e relato de informações.

“O Bureau Veritas existe para ajudar a construir um mundo melhor e os Green Bonds são uma excelente ferramenta para fomentar a Sustentabilidade em empresas de todos os setores da economia. A iniciativa da Usina Coruripe é outro grande exemplo de que o lucro e a responsabilidade socioambiental caminham muito bem juntas, trazendo resultados positivos não só para a economia local, como para o cenário nacional e o futuro do planeta”, afirma Andressa Lisboa, diretora de Certificação e Auditoria do Bureau Veritas.

“Estamos felizes com a asseguração dessa operação, uma vez que viabiliza o acesso do produtor pessoa física ao mercado de capitais. Receber uma verificação ESG pela Bureau Veritas vai ajudar a fomentar recursos para uma cultura que é matéria-prima para biocombustível, energia de baixo carbono e gera empregos fora dos grandes centros urbanos.  Além disso, reconhece o trabalho socioambiental que a Usina Coruripe realiza desde sua fundação, bem como as boas práticas agrícolas empregadas pelos fornecedores de cana-de-açúcar da usina”, afirma Carolina Troster de Hollanda, sócia da Datagro Financial.

O processo de validação do Green Bond Framework considera os critérios do GBP e ainda os requisitos técnicos do Bureau Veritas para análise de compliance ambiental e agricultura de baixo carbono. Por meio dos indicadores definidos, a Usina Coruripe passa a monitorar o desempenho agrícola dos seus fornecedores para emitir ou renovar o CRA Verde. Com o título, produtores de cana podem solicitar linhas de crédito para custeio do processo produtivo. “A combinação de uma operação de longo prazo e uma asseguração ESG é um passo estratégico e transformador para produtores de cana acessarem linhas de financiamento adequadas e a custos mais competitivos” afirma Thierry Soret, CFO da Usina Coruripe.

O Bureau Veritas foi responsável ainda pela etapa de verificação de pré-emissão dos títulos, com auditoria presencial em 65 produtores de cana das cooperativas Canacampo, Coperama e Asforama. Foram avaliados atributos ambientais e/ou agronômicos que contribuem para a mitigação, adaptação e resiliência dos sistemas de cultivo agrícola, como requisitos de mitigação avaliados e registrados em um check list de verificação, práticas agrícolas de baixa emissão de carbono, análise de riscos climáticos com definição objetiva de responsabilidades e ações preventivas e corretivas.

A verificação faz parte do portfólio de Green Line do Bureau Veritas, que visa capacitar organizações privadas e públicas para implementar, medir e alcançar seus objetivos em Sustentabilidade. O Grupo é responsável por viabilizar mais de 20 Títulos Verdes de empresas de Energia Renovável, Agricultura, Cimento e Tecnologia Agrícola.

FONTE: Mariana Buccieri – BUREAU VERITAS

Related posts

Bunge Açúcar & Bioenergia investe em centro de manutenção de colhedoras de cana

Revista Attalea Agronegócios

Canavial atinge produtividade acima dos três dígitos

Bunge Açúcar & Bioenergia recruta estagiários no interior de SP, MG, TO e MS

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário