fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Image default
Política Agrícola

Ana Valentini empossa Bruno Rocha de Melo, novo diretor técnico do IMA.

O médico veterinário Bruno Rocha de Melo foi empossado, nesta quinta-feira, (31/01) como diretor técnico do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), em solenidade conduzida pela secretária de Estado de Agricultura Ana Valentini. O novo diretor técnico do IMA é graduado em Medicina Veterinária pela UFMG com especialização em Gestão Estratégica da Informação (UFMG), especializado em Gestão de Negócios pela Fundação Dom Cabral e possui mestrado em Geomática pela Universidade Federal de Santa Maria. É servidor do IMA desde 2007, exercendo várias funções, entre as quais gerente de Defesa Sanitária Animal.

Em 2017, o servidor propôs a criação de uma unidade responsável pela inovação e modernização das ações de Defesa Agropecuária, tendo como uma de suas principais competências promover a simplificação e desburocratização das relações entre a iniciativa privada e poder público. Conduziu projetos como o Portal de Serviços do Produtor Rural, e contribuiu para a elaboração do Código de Defesa Agropecuária, que visa revisar, simplificar e consolidar a legislação de Defesa Agropecuária em Minas Gerais.

Bruno Rocha de Melo comentou que são boas as expectativas para a nova gestão, pois a diretoria é composta por profissionais de carreira da instituição. “É uma oportunidade muito grande para fazer uma condução técnica do IMA. No caso específico da diretoria técnica, o foco será na qualidade do serviço de campo, melhorando a condição de trabalho dos colegas, e otimizando a questão de material e de capacitação com instruções mais claras. Vamos buscar mais investimentos em tecnologia, principalmente para fazer uma automação nos nossos processos, reduzindo a circulação de papel para que tudo flua com mais rapidez eficiência”.

Related posts

Fundo Inovação Paulista faz aporte em primeira fazenda vertical urbana da América Latina

Câmara aprova posse de arma em toda extensão da propriedade rural

São Paulo mantém índices superiores a 90% de vacinação contra a brucelose

Deixe um comentário