fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Image default
EMPRESAS

Agrotechnica lança novo adjuvante: Dispermax

Dispermax é um produto de alta tecnologia, indicado para aplicação com problema de decantação nos equipamentos de pulverização

A Agrotechnica Soluções Agrícolas acaba de lançar no mercado o adjuvante Dispermax. O produto, composto por estabilizantes e tensoativos de alta tecnologia, é indicado para aplicações foliares aéreas ou terrestres. A nova solução foi desenvolvida pela empresa com sede em Indaiatuba, no interior paulista, e devido às características dos seus aditivos, possui ação específica sobre partículas insolúveis em água (suspensões), sendo ideal para facilitar a remoção dos sólidos decantados na calda de pulverização.

O adjuvante, que começou a ser utilizado na safra de soja 2017/2018 e que já foi aplicado em mais de 300 mil hectares, é recomendado para a maioria das aplicações onde são observados problemas de sólidos aderidos no fundo dos tanques, de difícil remoção. O seu grande diferencial é a atuação na interação entre as partículas dos defensivos, sem modificar a estrutura química das mesmas, preservando a eficiência dos produtos usados. Além disso, por não permitir a incrustação nos equipamentos, aperfeiçoa o tempo do produtor e reduz a geração de resíduos no pulverizador. “Nós mesmo já testamos diversos produtos similares, e nenhum deles se mostrou com o mesmo mecanismo de ação do Dispermax e tão pouco resolveram o problema de acúmulo de sólidos no fundo dos tanques”, afirma Renan Yoshida, responsável pelas áreas de pesquisa e desenvolvimento da empresa.

Como um adjuvante específico, o Dispermax além de auxiliar na homogeneização (mistura) da calda, proporciona o máximo aproveitamento dos ativos sem interferir no pH ideal da aplicação. “A formulação de caldas mais estáveis resulta em uma aplicação mais homogênea e segura, aproveitando o potencial das moléculas ativas. O resultado é o maior controle de pragas e doenças e, consequentemente, mais ganho de produtividade e qualidade na lavoura”, destaca Yoshida.

FRENTES DE ATUAÇÃO

De acordo com o especialista, o produto tem como campo de atuação as aplicações de defensivos com ativos insolúveis em água do tipo: suspensões concentradas (SC), pó molhável (WP) e grânulos dispersíveis (WG). “É o aditivo perfeito para melhorar a estabilidade das caldas, evitando a difícil remoção de sólidos que decantam naturalmente no fundo dos tanques de pulverização”, destaca. Porém, conforme explica o profissional, a empresa está focando principalmente nas aplicações em caldas que contém o princípio ativo Mancozebe, tendo em vista o problema que o mesmo apresenta para os aplicadores no campo e ao volume de produto utilizado, principalmente na cultura da soja.

Outros princípios ativos também foram testados recentemente pela empresa, como os fungicidas protetores à base de cobre, destaque para oxicloreto de cobre e hidróxido de cobre, e também nos herbicidas a base de flumioxazina e saflufenacil. “Em todos esses casos os resultados foram muito satisfatórios”, finaliza o gerente da Agrotechnica.

SOBRE

Sediada em Indaiatuba (SP), a Agrotechnica Soluções Agrícolas conta com experiência de profissionais com atuação de mais de 20 anos no segmento agrícola e pesquisas agronômicas. A empresa desenvolve, industrializa e comercializa produtos inovadores, que auxiliam no aumento da produtividade dos principais cultivos, com foco em novas tecnologias. Além disso, atua para ser referência em soluções para nutrição, fisiologia vegetal e tecnologia de aplicação.

Acesse: www.agrotechnica.com.br

 

FONTE: Kassiana Bonissoni – RURAL PRESS

kassiana.ruralpress@gmail.com

Related posts

UPL lança Tridium para o manejo de doenças na soja

Revista Attalea Agronegócios

Allflex avança no mercado brasileiro e traz nova plataforma de monitoramento

Revista Attalea Agronegócios

Inseticida Trivor: ADAMA obtém registro para o combate à Mosca Branca nas lavouras

Deixe um comentário