CaféNOTÍCIAS

Agro Influencer de Ribeirão Corrente (SP) faz sucesso nas Redes Sociais

Rafael Stefani compartilha rotina da cafeicultura e tem mais de 100 mil seguidores.

ANA LUIZA SILVA
Casa da Comunicação Franca

Criado desde pequeno na lavoura, Rafael Stefani, de 36 anos, tem orgulho de fazer parte do campo. Formado em administração, chegou a pensar em ser bancário, mas desistiu da profissão e resolveu voltar a lidar com a terra, mais precisamente com a cafeicultura. E foi mostrando os cuidados no manejo do café e o dia a dia na propriedade rural em Ribeirão Corrente (SP), a 33 quilômetros de Franca (SP), no interior paulista, que Rafael se tornou um sucesso nas redes sociais como agro influencer. Neste mês, ele atingiu a marca de 100 mil seguidores no Instagram, sua rede social de maior alcance.

É com o perfil Café no Brasil, que Rafael Stefani tem ganhado notoriedade entre os cafeicultores de todo o Brasil, produzindo conteúdo de interesse dos produtores e de pessoas que não são ligadas ao agro. “O perfil Café no Brasil surgiu com o propósito de mostrar toda a beleza da cafeicultura brasileira através de fotos e vídeos enviados pelos cafeicultores de todo o Brasil, além de trazer notícias e informações do setor para esse público”, conta o agora influenciador digital.

Apesar do impulso alcançado com a pandemia, o trabalho de divulgar o plantio, cultivo e colheita do café nas redes sociais começou ainda em 2015. Antes, porém, Rafael não aparecia no vídeo. Foi só em 2017, que o Café no Brasil ganhou novo formato, virou marca e o jovem cafeicultor passou a mostrar seu dia a dia nos stories. “O Café no Brasil se tornou meu perfil pessoal e os cafeicultores e muitas marcas ligadas à cafeicultura passaram a me ver
como influenciador digital”, destaca Rafael.

(Créditos: Casa da Comunicação – Wilker Maia)

O conteúdo divulgado nas redes é o dia a dia do Sítio Santa Maria, em Ribeirão Corrente (SP), onde a família produz café arábica. Rafael mostra o cotidiano da propriedade, os acertos e erros e leva informações de mercado, clima e outras notícias da cafeicultura.

“Resolvi mostrar meu dia a dia e me tornar um influenciador por perceber uma grande carência de informações do setor. Decidi mostrar minha forma de lidar, de manejar as lavouras para que de alguma forma contribuir com os seguidores. Embora a cafeicultura brasileira seja bem diferente de região para região, de alguma maneira os seguidores conseguem extrair algo sobre minha forma de trabalhar e aplicar em suas lavouras de acordo com sua realidade”.

Além do perfil no Instagram, o Café no Brasil está presente no Youtube, Twitter e TikTok. Rafael também lançou em 2022, o podcast PodCafé onde recebe convidados com conhecimento técnico para falar sobre cafeicultura.
“Todas essas redes permitem uma troca de informações muito rica. Eu aprendo muito também com meus seguidores e isso é importante, pois ajuda tornar a cafeicultura cada vez mais forte e sustentável”.

(Créditos: Casa da Comunicação – Wilker Maia)

Related posts

Seguro Safra, novidade da CNH Industrial Capital Corretora de Seguros, proporciona mais proteção para o produtor rural

Mario

Frete mínimo e crédito rural retornam à pauta da Frente Parlamentar de Agropecuária

Mario

[Davi Moscardini] – Sobre o manejo de plantas na entrelinha do cafeeiro

Mario

Deixe um Comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais