Powered by Rock Convert
Revista Attalea Agronegócios
Image default
NOTÍCIAS Política Agrícola

99,51% dos bovídeos com até 24 meses foram vacinados contra febre aftosa em São Paulo

O Estado de São Paulo registrou o índice de 99,51% dos bovídeos vacinados contra a febre aftosa, na segunda etapa da campanha de 2018 realizada durante o mês de novembro pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento, envolvendo a vacinação de bovídeos (bovinos e bubalinos) com zero a 24 meses de idade.

Dados do sistema informatizado GEDAVE – Gestão de Defesa Animal e Vegetal, divulgados pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária, que coordena a campanha mostram que o total de bovídeos na faixa etária com vacinação obrigatória era de 4.413.263 cabeças. Deste total, 4.391.708, ou seja, 99,51% foram vacinados e declarados ao sistema dentro do prazo legal (07/12).

Durante a campanha, os técnicos da Defesa Agropecuária fiscalizaram e assistiram a vacinação em um total de 847 propriedades, acompanhando a vacinação de 34.474 bovídeos.

Os criadores que deixaram de vacinar, ou deixaram de informar, foram notificados pelo órgão oficial de Defesa Agropecuária. A autuação pelo descumprimento da legislação é de 5 Ufesps por cabeça por deixar de vacinar, e 3 Ufesps por cabeça por deixar de comunicar. O valor da Ufesp – Unidade Fiscal do Estado de São Paulo para 2019 é de 26,53 reais.

INVERSÃO DO CALENDÁRIO

Em 2018 o calendário de vacinação contra a febre aftosa foi invertido no estado de São Paulo para uniformizar com calendário dos demais estados da federação, com vistas à retirada da vacinação contra a febre aftosa em 2021. Na primeira etapa da campanha, realizada durante o mês de maio, foram vacinados todos os animais do rebanho, bovinos e bubalinos, independente da idade. Na segunda etapa, realizada em novembro, somente bovídeos com zero a 24 meses receberam a vacina.

O rebanho bovídeo paulista declarado no relatório registra um total de 10.724.528 cabeças, em 108.243 propriedades rurais.

Na relação abaixo, o quantitativo de bovídeos em cada regional de Defesa Agropecuária envolvidos na etapa de vacinação contra a febre aftosa em novembro de 2018; o número de animais vacinados; e o índice de imunização.

  • EDA de Andradina – 182.388 – 182.269 – 99,93%
  • EDA de Araçatuba – 152.041 – 152.041 – 100,00%
  • EDA de Araraquara – 51.523 – 51.467 – 99,89%
  • EDA de Assis – 98.792 – 98.792 – 100,00%
  • EDA de Avaré – 99.468 – 99.468 – 100,00%
  • EDA de Barretos – 79.873 – 79.003 – 98,91%
  • EDA de Bauru – 173.622 – 173.288 – 99,81%
  • EDA de Botucatu – 112.191 – 109.601 – 97,69%
  • EDA de Bragança Paulista – 83.643 – 80.208 – 95,89%
  • EDA de Campinas – 45.473 – 44.763 – 98,44%
  • EDA de Catanduva – 44.912 – 44.823 – 99,80%
  • EDA de Dracena – 149.348 – 149.348 – 100,00%
  • EDA de Fernandópolis – 105.413 – 105.413 – 100,00%
  • EDA de Franca – 77.033 – 77.033 – 100,00%
  • EDA de General Salgado – 198.594 – 198.502 – 99,95%
  • EDA de Guaratinguetá – 125.220 – 125.054 – 99,87%
  • EDA de Itapetininga – 118.859 – 117.540 – 98,89%
  • EDA de Itapeva – 80.764 – 79.905 – 98,94%
  • EDA de Jaboticabal – 35.033 – 34.926 – 99,69%
  • EDA de Jales – 168.469 – 168.466 – 100,00%
  • EDA de Jaú – 54.958 – 54.936 – 99,96%
  • EDA de Limeira – 44.417 – 43.964 – 98,98%
  • EDA de Lins – 143.536 – 143.522 – 99,99%
  • EDA de Marília – 177.911 – 177.903 – 100,00%
  • EDA de Mogi das Cruzes – 8.764 – 8.764 – 100,00%
  • EDA de Mogi-Mirim – 33.940 – 33.481 – 98,65%
  • EDA de Orlândia – 42.762 – 42.762 – 100,00%
  • EDA de Ourinhos – 112.047 – 112.047 – 100,00%
  • EDA de Pindamonhangaba – 132.366 – 128.379 – 96,99%
  • EDA de Piracicaba – 68.666 – 68.085 – 99,15%
  • EDA de Presidente Prudente – 306.709 – 306.664 – 99,99%
  • EDA de Presidente Venceslau – 341.739 – 341.290 – 99,87%
  • EDA de Registro – 42.849 – 42.642 – 99,52%
  • EDA de Ribeirão Preto – 51.468 – 51.331 – 99,73%
  • EDA de São João da Boa Vista – 153.895 – 153.741 – 99,90%
  • EDA de São José do Rio Preto – 186.390 – 183.632 – 98,52%
  • EDA de São Paulo – 2.254 – 2.153 – 95,52%
  • EDA de Sorocaba – 58.506 – 57.617 – 98,48%
  • EDA de Tupã – 146.550 – 146.014 – 99,63%
  • EDA de Votuporanga – 120.877 – 120.871 – 100,00%

Total do Estado – 4.413.263 – 4.391.708 – 99,51%

Powered by Rock Convert

Related posts

Agrishow: Centro do IAC referência mundial sobre defensivos agrícolas apresentará seus projetos

Revista Attalea Agronegócios

Rotam do Brasil leva produtores e distribuidores para a China

Emirados Árabes são o 5º maior comprador de alimentos do Brasil

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário