fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Image default
Café

28º Prêmio Ernesto Illy anuncia 40 finalistas nacionais

Mais de mil amostras foram inscritas, maior número em 28 anos de premiação

A illycaffè selecionou os 40 cafeicultores finalistas do 28º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso. A Experimental Agrícola do Brasil, braço da illycaffè no país, analisou 1.174 amostras enviadas das principais regiões produtoras de café arábica de grãos da safra 2018/2019, o maior número de toda a história da premiação.

Maior produtor nacional, Minas Gerais lidera entre os produtores na lista, com 37 finalistas provenientes de todas as regiões cafeeiras do Estado: 19 do Cerrado Mineiro, 13 das Matas de Minas, três da Chapada de Minas e dois do Sul de Minas. São Paulo tem dois finalistas e a região Centro-Oeste, representada na final pela terceira vez desde o início do concurso, tem um.

Para realizar a seleção dos cafés vencedores, especialistas da empresa vieram da Itália para o Brasil e integraram a Comissão Julgadora. Os seis melhores cafés do país serão revelados na cerimônia de premiação, em abril de 2019. Os três primeiros ganharão viagem ao exterior para participar do 4º Prêmio Ernesto Illy Internacional, quando será revelada a ordem de classificação entre eles (primeiro, segundo e terceiro colocados).

Na cerimônia do 28° Prêmio Ernesto Illy também serão conhecidos os premiados das categorias regionais. Para esta premiação, a illycaffè divide o mapa do país em 10 regiões: Cerrado Mineiro, Sul de Minas, Chapada de Minas, Matas de Minas, Espírito Santo, Norte/Nordeste, Rio de Janeiro, São Paulo, Sul e Centro-Oeste.

Veja a lista de finalistas nacionais, em ordem alfabética (o que não revela qualquer colocação):

ADIVALDO BARBOSA DE MENESES CERRADO MINEIRO
CARLOS ALBERTO LEITE COUTINHO REGIÃO CENTRO-OESTE
CARLOS ROBERTO DE MIRANDA MATAS DE MINAS
CESAR DE CAMARGO GALLI CERRADO MINEIRO
CESAR HENRIQUE SALGADO MAGRIOTIS CERRADO MINEIRO
CLAUDIO ESTEVES GUTIERREZ E OUTRO(S) CHAPADA DE MINAS
DANIELLA ROMANO PELOSINI SÃO PAULO
DIMAS MENDES BASTOS MATAS DE MINAS
ELMIRO ALVES DO NASCIMENTO CERRADO MINEIRO
EULER DE MOURA SOARES FILHO E OUTRO(S) MATAS DE MINAS
FRANCISCO SERGIO DE ASSIS CERRADO MINEIRO
GUILHERME GOTELIP JUNIOR CERRADO MINEIRO
HAROLDO BARCELOS VELOSO CERRADO MINEIRO
JORGE ARTUR PENA FERNANDES CERRADO MINEIRO
JOSE DALMO DE ARAUJO CERRADO MINEIRO
JOSE MARQUES DE ARAUJO E OUTRO(S) MATAS DE MINAS
JOSE MAURO MIRANDA MATAS DE MINAS
JOSE PEDRO MARQUES DE ARAUJO MATAS DE MINAS
JULIANA TYTKO ARMELIN CERRADO MINEIRO
KATIA CRISTINA DE P. MELO REIS SUL DE MINAS
KELLY DA SILVA COSTA VELOSO CERRADO MINEIRO
LENI DE SOUZA CARDOSO MATAS DE MINAS
LUCIO GONDIM VELLOSO CERRADO MINEIRO
LUIS MANUEL RAMOS F. MARTINS DA SILVA CHAPADA DE MINAS
LUIZA ARAUJO MIRANDA MATAS DE MINAS
MANSUR E PIMENTA AGRONEGOCIOS LTDA CHAPADA DE MINAS
MARCOS CEZAR MIAKI CERRADO MINEIRO
MARIA ANGELA VELOSO SOARES CERRADO MINEIRO
MARIA JOSE BITENCOURT LIMA ARAUJO MATAS DE MINAS
MARIA LUCIA ANDRADE TARAMELLI SÃO PAULO
NILTON TOSHIO YAMAGUCHI CERRADO MINEIRO
OSVALDINA ALVES DUTRA MATAS DE MINAS
PAULO SERGIO DE ARAUJO VILELA CERRADO MINEIRO
PEDRO HUMBERTO VELOSO CERRADO MINEIRO
RAFAEL MARQUES DE ARAUJO MATAS DE MINAS
RICARDO DOS SANTOS BARTHOLO CERRADO MINEIRO
ROVILSON DOS SANTOS ANDRADE SUL DE MINAS
SIMONE APARECIDA DIAS SAMPAIO SILVA MATAS DE MINAS
WALTER CESAR DUTRA MATAS DE MINAS
WENEFRIDA CRISTINA DE CARVALHO ROSSI CERRADO MINEIRO

Sobre a illycaffè                           
A illycaffè (http://illy.com.br/) é uma empresa familiar italiana, fundada em Trieste em 1933, comprometida em oferecer o melhor café do mundo. É a marca de café mais global, produzindo um único blend de café espresso 100% arábica, com grãos provenientes de 9 países fornecedores, sendo o Brasil o principal.

São consumidas mais de 7 milhões de xícaras de café illy por dia, em cafeterias, restaurantes, hotéis, escritórios e residências de mais de 140 países. Precursora do espresso, a illycaffè é considerada líder em ciência e tecnologia do café graças a três radicais inovações. Ao promover o primeiro Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso, no Brasil em 1991, também foi pioneira na compra direta dos fornecedores, compartilhando know-how e pagando preços acima do mercado para quem atinge seus padrões de qualidade, em parcerias sustentadas pelos princípios do desenvolvimento sustentável.

Com o objetivo de difundir a cultura do café, fundou a Università del Caffè, um centro educacional de excelência que oferece treinamento teórico e prático em todos os aspectos do café para cafeicultores, baristas, equipes de lojas de café e amantes da bebida. Tudo que é “made in illy” é realçado pela beleza e a arte, representando os valores fundamentais da marca, a começar pelo seu logo, como são as mais de 100 xícaras da renomada illy Art Collection, desenhadas por artistas internacionais. A illycaffè empregava 1.290 pessoas globalmente em 2017, quando registrou receitas consolidadas de 467 milhões de euros.

imagem_release_1491971

 

Related posts

[Silas Brasileiro] – Balanço Semanal do CNC — 02 a 06/07/2018

Revista Attalea Agronegócios

[Emílio Lobato] – A importância da reposição anual de magnésio ao cafeeiro

Revista Attalea Agronegócios

São Paulo abre Consulta Pública para estabelecer normas para Viveiros de Cafés no Estado

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário